Don Ramon (Sr. Madruga) Cantando : Creedence Clearwater Revival: Cotton Fields

Aproveitando, segue algumas célebres frases do Sr. madruga:

“Eu, mesmo sem um centavo no bolso, sempre trago no rosto um sorriso franco e espontâneo. Ó, veja!”

“Sabe como é, todo esse tipo de porcarias: papéis, lixo,.. Florinda…”

“Esta caveira representa ‘prerigo’,’PRE- RI- GO’.”

“Eu sabia que você era idiota, mas não a nível executivo!”

“Que que foi, que que foi, que que há? Digo…”

“Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar!”

“A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena.”

“Não existe trabalho ruim. O ruim é ter que trabalhar.”

“Seria a mesma coisa que compararmos a senhora com a Maitê Proença!”

“Tem uma coisa que não inventaram, e que eu estou a ponto de inventar, são as bolas feitas com bochechas de moleque aloprado!”

“Pelo menos desta vez escapei da bofetada!”

“Mas tinha que ser o Chaves mesmo!”

“As pessoas boas devem amar seus inimigos.”

“As dívidas são sagradas!!!”

“Estou falando com a mula, não com seus carrapatos!”

“Devemos perdoar as ofensas… Devemos perdoar as afrontas… Devemos perdoar os aluguéis atrasados…”

“Somente as pessoas ruins sentem prazer em ver o sofrimento alheio.”

“O burro empaca perto do trigo…”

“Quando a fome aperta, a vergonha afrouxa…”

“Fui eu! Fui eu! Fui eu! Pode mandar brasa sócia!”

“Sou pobre, porém honrado!”

“Às vezes temos que sacrificar algumas coisas para conseguir outras.”

“São todas assim: começam ficando com o chapéu e acabam ficando com a carteira!”

“Isto é uma caliúnia! Uma caliúnia! Você sabe o que é uma caliúnia?”

“Moça bonita! Moça bem feita! Moça formosa…”

“Não é uma coisa que se diga: Minha nossa, mas que bom trabalho! Mas…”

“Por 100 mangos eu posso até ser a madrinha do casamento!”

“Como pode existir uma bela alma num corpo tão… tão… digo…”

“Só não te dou outra porque…”

“Mas que diabos…”

“Pois saiba que eu tenho o suficiente para pagar até a sua risada!”

“Com um colaborador como o Chaves, o êxito da venda de balões está totalmente assegurado!”

“Com ousa me acordar às 10 da madrugada, Chaves?!

“Me acorde as 11 horas e me traga o café na cama.”

“Como dizia meu velho avô: Se quiser vir a ser alguma coisa, que devore os livros!’”

“Sabia que lá na rua tem um palhacinho que dizem ser muito simpático?”

“Sara a dor e a desgraça, se não sarar agora, quando casar passa!”

“Na hora do aperto se aprende…”

“Uma licencinha pro Madruguinha que vai tomar um cafezinho!”

“Com a licencinha dos amiguinhos, eu vou comprar uns preguinhos…”

“Sou um cidadão consciente, não fanático!”

“Chapéu, sapato ou roupa usada, quem tem!

“Puxa, repuxa, recontrapuxa!”

“A mulher de quem?”

“Depois desse tapinha, eu recolho meu chapeuzinho, e dá licencinha pro Madruguinha…”

“Minha senhora, se acha que pode me comprar com alguns presentinhos, eu vou lhe dizer uma coisa… eu aceito!”

“Aprenda comigo, que nunca meto o nariz onde não devo.”

“Esse era exatamente o tipo de vizinha com que eu sonhei eternamente…”

“É isso que eu digo: não há nada como dever.”

“Estou juntando para te dar tudo de uma vez, um montão no fim do ano.”

“Sabe o que eu faço quando gritam comigo? Eu vou prá minha casa…”

“Vá até a esquina e veja se meu burro está bem amarrado.”

“Vá ver que horas são na Catedral de Londres.”

“Mas é de enlouquecer!”

“Vocês são moles com M de muito e medrosos com M de máximo. E além de moles com M de muito e medrosos com M de máximo, vocês são metidos com M de mal criados e medíocres com M de pátio da vila! ‘Mas pátio da vila não tem M!’ É dos muros em volta.”

“Não há luta pior do que aquela que se enfrenta.”

“Isso é a primeira coisa que se deve ensinar na escola: A prenunciação.”

“Atores vemos, costumes não sabemos…”

“Lembre-se que eu sou um velho lobo do mar…”

“Você sabe quanto custa trazer um artista do estrangeiro? Ainda mais sendo de outro país?? Eu tive que arcar com as burocracias! Portanto, me sinto na penosa obrigação de pedir uma ajuda. O que puderem! Qualquer coisa!”

“Este veio do norte da América do Sul, e o outro do sul da África do Norte.”

“Acontece que o Quico está perguntando quem foi Cristóvão Colombo e Cristóvão Colombo foi quem descobriu o México. Tem que se estudar, Chaves, para não ser burro.”

“50 mangos? Você está ficando louca. Eu deixo você comprar alguma coisa de 30, de 35, até de 40 centavos”

“O quê? Na escola nunca te ensinaram botânica? Bogotá é um país!”

“A virtude de bem viver está nos princípios morais, minha filha.”

“Isto aqui é gesso, gesso, J-E-S-O, “jeso” (…) Está faltando o acento, mas o que esse burro vai saber?”

“pq os elefantes tem trombas!? (…) pq se n tivessem trombas, seriam capivaras!”

“Vamos tirar a barriga senhor Barba”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s